loading...

Lider-sindical-se-incendeia-na-Mongolia-video

O chefe do sindicato de uma empresa de mineração de carvão na Mongólia incendiou-se na frente das câmeras em protesto contra a privatização da empresa.

Segundo a agência de notícias asiática CA-News, o diretor do sindicato da empresa Erdenes Tavan Tolgoy incendiou-se em sinal de desacordo com as políticas adotadas pelas autoridades municipais.

Tudo começou com uma conferência de imprensa organizada pela organização com a mídia local. Nesta a Associação sindical expressa o desacordo dos empregados da empresa, que desde outubro protestam contra seus superiores, com planos de privatizar a empresa, que controla a corporação MCS. No ato, o líder sindical jogou gasolina sobre seu corpo pôs fogo enquanto câmeras gravavam o seu ato.

“O Governo da Mongólia não apoia a nossa empresa, as famílias dos trabalhadores estão passando fome; por meus filhos e pelas pessoas da Mongólia, eu me queimarei”, disse o diretor do sindicato Erdenes Tavan Tolgoy.

Alguns momentos depois, seus companheiro extinguiram o fogo e uma ambulância levou Erdenes para o hospital.

Felizmente, o chefe do sindicato não morreu apesar da ação perigosa de protesto.

Veja o momento no vídeo abaixo:

Atenção! As imagens a seguir podem ferir sua sensibilidade.

 

Elisandro

Recomendados para você:

Comentar com o Facebook

Comentários...