loading...

Tecnologia-japonesa-projeta-3D-no-ar-e-pode-ser-tocada

Os hologramas interativos que vemos nos filmes já são quase realidade! Agora uma empresa japonesa criou hologramas 3D projetados no ar em qualquer lugar e que podem ser tocados e modificados com as mãos.

A empresa japonesa Aerial Burton apresentou a tela 3D Fairy Lights, em que microgotas de plasma criadas por lasers formam uma imagem tridimensional no ar.

A característica essencial deste modelo é a capacidade de tocar as imagens e modificá-los através do toque, informa a revista ‘IEEE Spectrum‘.

A tecnologia utilizada para a formação de pixels tridimensionais de gás ionizado (plasma) não é nova. A Aerial Burton já havia apresentado outras telas 3D criadas a partir da mesma ideia. Sua vantagem, ao contrário da tela holográfica é a independência completa da imagem em relação ao ângulo de visão.

 

 

Este avanço subiu para um novo nível a qualidade das imagens em três dimensões: elas são interativas, tangíveis e, ao mesmo tempo totalmente seguras.

Os pixels tridimensionais são formados por ionização do ar no ponto focal através de uma série de impulsos extremamente curtos de laser infravermelho, e este ar passa através de um scanner tridimensional.

Do scanner saem gotículas de plasma, e o excesso de energia que contém saem na forma de fótons de luz azul-branca.

 

 

Os pixels 3D desaparecem muito rapidamente, fazendo com que para manter a estabilidade da imagem seja necessário dezenas e centenas de milhares de pulsos de laser por segundo. Até recentemente, o toque na imagem não era possível, pois ela queimava.

Na Fairy Lights são usados lasers cujos pulsos são tão curtos que não têm tempo para prejudicar a pele humana. Ao mesmo tempo, ao tocar o plasma este brilha mais e ondas de choque criam a sensação de toque.

Os fabricantes esperam que o avanço possa ser usado para criar sinalização interativa brilhantes e até mesmo advertências animadas que podem mostrar avisos facilmente visíveis em situações de emergência.

Elisandro

Recomendados para você:

Comentar com o Facebook

Comentários...