loading...

O-vazio-da-historia-humana

Alguns objetos encontrados ao redor do mundo simplesmente não encaixam-se com a história humana conhecida. Qual seria a explicação para isso?

O segundo post apresenta mais alguns objetos cuja a existência não faz sentido de acordo com a história humana conhecida e aceita pela grande maioria dos estudiosos e pessoas.

1. As esferas de Klerksdorp.O-vazio-da-historia-humana-4

As esferas de Kleksdorp foram encontrados em uma escavação de mineração em Ottosdal, África do Sul, são de pirita e são perfeitamente redondas e com sulcos estranhos nas laterais, o estrato em que foram encontrados data de 2,8 bilhões de anos, do período Pré-Cambriano. Então mais uma vez temos mais perguntas sem respostas.

Esses artefatos são reais e podem ser vistos no Museu de Klerksdorp.

2. Estruturas de Yonoguni (Japão).O-vazio-da-historia-humana-5

Estas estruturas são fascinantes, mesmo se não o pareçam, afundadas no mar nas Ilhas Yonoguni, Japão,  foram descobertas em 1985 por acaso por Kihachiro Aratake um mergulhador japonês.

O-vazio-da-historia-humana-7

Estas estruturas foram declaradas como naturais, mas em 1998 um terremoto submarino destruiu parte da estrutura revelando seu interior onde se podia ver claramente estruturas complexas e totalmente feitos por alguém. As estruturas foram construídas na área na época da glaciação, no entanto, um detalhe na estrutura data de cerca de 10.000 anos, mas a glaciação é muito anterior a isso, ou seja, ele foi construído em baixo da água ou as datas não coincidem, mesmo assim seria o edifício mais antigo da Terra.

O-vazio-da-historia-humana-6

Quem poderia ter construído naquele momento algo comparável às pirâmides do Egito?

Também foi encontrada a Pedra de Yonaguni.

O-vazio-da-historia-humana-8

3. O homem de Broken Hill.O-vazio-da-historia-humana-9

Em 1921 chegou ao Museu Britânico um crânio Neanderthal que foi encontrado em uma mina na Zâmbia, na colina chamada Broken Hill, a mais de 20 metros de profundidade em uma caverna com uma espécie de túmulo como muitos ossos.

Um dos crânios tinha um buraco na lateral do lóbulo e outro muito maior, como quebrado, no outro lado.

O-vazio-da-historia-humana-10
Ao fazer teste de carbono e outras perícias concluíram que o buraco não tinha sido feita após a morte e que este tinha sido a causa mais provável da morte. A princípio, pensou-se em uma lança ou flecha, mas especialistas em balística e projéteis analisaram o crânio e descartaram completamente essa teoria já que um trauma de um seta ou lança teria  fragmentado o crânio, descartando deixar um buraco perfeito. Por isso os especialistas chegaram a conclusão que o trauma foi causado por algo como uma bala, que coincide com o impacto de entrada e saída, mas lembre-se que estamos falando de cerca de 600 mil anos atrás. O que poderia ter causado tal ferimento?

O-vazio-da-historia-humana-11

Aqui temos outro caso parecido, onde podemos ver o crânio de Moia, Cataluña, o homem do Cro-Magnon com um buraco também causado por algo desconhecido com as mesmas consequências.

O-vazio-da-historia-humana-12

Qual seria a explicação mais aceitável para tais fatos que não encaixam-se em nossa história humana conhecida? Por enquanto, não há nenhuma, mas talvez no futuro novas e impressionantes descobertas possam esclarecer este vazio na história humana.

Elisandro

Recomendados para você:

Comentar com o Facebook

Comentários...