loading...

Estudo-cientifico-afirma-que-celular-causa-cancer-cerebral

Um estudo realizado com milhares de pessoas descobriu que o tempo de uso do celular é diretamente proporcional às chances de se desenvolver um tumor cerebral maligno.

O estudo, publicado na revista ‘Pathophysiology’ em outubro passado, examinou 498 mil casos de pessoas com tumores cerebrais malignos e realizou 3530 controles para determinar se o uso do telefone está relacionada com o desenvolvimento de câncer, informa o jornal ‘The Huffington Post’.

De acordo com os resultados da pesquisa, quanto mais tempo uma pessoa usa um telefone celular ou sem fio, mais chances de desenvolver gliomas, um tipo de tumor que se forma no cérebro ou na medula espinhal, que é maligno em 80% dos casos.

“O risco é três vezes maior depois de 25 anos de uso. Temos visto claramente”, disse o investigador principal, o Dr. Lennart Hardell.

Os cientistas dizem que os participantes do experimento que usaram celular ou telefone sem fio por menos de um ano estavam com um risco menor do que aqueles que tinham utilizado o telefone no mesmo lado do corpo por anos.

A preocupação com os telefones celulares é a energia de radiofrequência, um tipo de radiação eletromagnética emitida pelos dispositivos móveis, explicam os pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos. Estas ondas, dizem os pesquisadores, pode ser absorvidas pelos tecidos do cérebro, mas ainda não se sabe como podem afetar o desenvolvimento do câncer.

O Dr. Gabriel Zada, um neurocirurgião da Califórnia, disse à Reuters que as crianças podem estar particularmente em risco porque têm uma cabeça menor, crânio mais fino e uma condutividade cerebral maior.

Elisandro

Recomendados para você:

Comentar com o Facebook

Comentários...